O termo internet das coisas nada mais é do que colocar as coisas na rede, para controle dos mesmos. Se nosso problema é ter o controle de uma luz externa onde ao anoitecer ela se acende sozinha e ao amanhecer ela desliga, podemos adicionar esta lampada à rede e programa-la em horários pré determinados. Porem é muito mais viável que ao invés de trabalhamos com horários, trabalhamos com a luminosidade, fazendo com que fatores não previstos não interfiram no seu funcionamento, como por exemplo um dia nublado, ou horários de verão. Pensando nisso, apesar de não termos a luz na rede e podermos controla-la, podemos pensar que estamos colocando nossa luz em uma rede natural, que é controlada pela luminosidade do dia. Não somos nós que estamos controlando o acendimento, mas sim a natureza. Isso não é colocar nossa luz numa internet das coisas?